Esporte que, originalmente idealizado para a grama, adaptou-se ao gelo (rinque de patinação) e depois, sobre patins de rodas no concreto ou na madeira. Nas três modalidades, usa-se um bastão curvado na extremidade (stick) e plano em uma das faces, onde os jogadores golpeiam a bola ou disco de borracha, para levá-la até o gol adversário. A bola pode alcançar uma velocidade de mais de 160 quilômetros por hora. O hóquei na grama é o mais popular, principalmente na Índia. Já o sobre o gelo, encontrou maior aceitação no Canadá e nos Estados Unidos, sendo muito violento, agressivo e emocionante. Portugal e Espanha se alternam como campeões mundiais. No Brasil, o hóquei sobre patins é o mais popular.

O hóquei no gelo surgiu no Canadá, onde é o esporte nacional do país. É um dos poucos desportos que permitem a troca de jogadores (ilimitadamente). Pesados equipamentos de proteção são utilizados, diminuindo o número de lesões. Brigas entre jogadores são muito comuns nas partidas de hóquei, tendo algumas regras para elas. O hóquei sobre a grama é um desporto praticado por duas equipas de 11 jogadores. O jogo foi "criado" pelos ingleses em finais do século XIX. Índia e Paquistão foram, até os anos 70 do século passado, as grandes potências do hóquei (no campo, para os portugueses; na grama, para os brasileiros). Mas hoje, o esporte é popular nos cinco continentes. Faz parte dos Jogos Olímpicos desde 1928. Como equipamentos de proteção, utiliza-se caneleiras, joelheiras, luvas, coquilha e no caso dos guarda redes, proteção de coxa, máscara para a cabeça e cotoveleiras. Existe também o hóquei subaquático ou underwater hockey. É um desporto disputado no fundo da piscina.

Paulo Roberto Maravalhas
e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.