Aprender um novo idioma não é tarefa fácil. Há regras gramaticais, entonação, contexto... tudo deve ser considerado. Mas, às vezes, usamos nossa língua materna como referência para esse novo idioma, e assim, cometemos alguns erros. Aqui seguem alguns dos enganos mais comuns entre estudantes brasileiros:
- I have 30 years old.
Os americanos não TÊM a idade. O verbo “to have” é usado para posse.

Para falar a sua idade, você deve usar sempre o verbo To Be. Ex: I am 30 years old. He is 40 years old.
- I go shopping.
A tradução da frase acima é “Eu vou às compras”. Isso quer dizer também que você pode estar comprando em alguma loja de rua. O shopping (espaço físico) é “mall”. Uma coisa é ir comprar e outra é ir ao espaço físico.
- Falsos cognatos
São palavras parecidas com o Português na ortografia, mas de significados bem diferentes.
Por exemplo: “to pretend” não é pretender, e sim fingir. “To intend” é pretender.
“To push” não é puxar, e sim empurrar. “To pull” é que significa puxar.
- TH sounds
Erro bem comum entre os brasileiros é a pronúncia do TH. Este é um dígrafo muito usado na língua inglesa, mas o qual não temos por aqui. Muitos estudantes o pronunciam como “F” ou “T”, mas o correto seria posicionar a ponta da língua nos dentes superiores. Geralmente, é preciso repetir as palavras várias vezes até conseguirmos pronunciar certo.
Estes são apenas alguns exemplos. E você, está cometendo estes errinhos? Como está o seu inglês?

Gabriela Santos – professora de inglês
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.