Matérias

O Supremo Tribunal Federal, STF, firmou entendimento favorável aos beneficiários de Aposentadorias Integrais, ou Proporcionais, quanto à Revisão do Teto Previdenciário, no julgamento do Recurso Extraordinário RE 564.354. Assim, os titulares de aposentadorias, concedidas entre outubro de 1988 e dezembro de 2003, com apuração do salário de benefício limitado ao teto previdenciário, podem pleitear a revisão no Poder Judiciário.

Gosto muito de uma frase do Amyr Klink, que diz assim: “A etapa mais difícil da viagem não é a navegação em si. É quando ainda estamos em terra firme, planejando o nosso futuro. É quando um pequeno detalhe pode fazer toda a diferença. ” Muitas pessoas podem pensar que é só controlar a direção do barco, mas vai muito além. O bom navegador é um líder, ele pode ditar o ritmo e indicar o rumo. A dica é: SE PREPARE.
Capacite-se, planeje-se, assim você transmitirá segurança e confiança aos seus liderados.

Para se cercar de todos os cuidados necessários, procure saber quem é o profissional e documente tudo.
Para o mais simples, ou para o mais complexo reparo em uma residência, existe uma lista sem-fim de profissionais: eletricistas, encanadores, pintores, pedreiros, marceneiros, e por aí vai. Seja apenas para o conserto de uma torneira, ou para a renovação de toda a instalação elétrica do imóvel, é possível encontrar gente disponível e interessada em auxiliar no socorro necessário. A questão é: quem contratar?

Em primeiro lugar é preciso fazer uma diferenciação entre o transtorno bipolar e a psicose maníaco depressiva (PMD). O bipolar apresenta a alteração de humor, caracterizada por episódios repetidos, ou alternados, de mania e depressão. O problema costuma ser identificado entre 15 a 25 anos, já que na infância fica mais difícil para perceber. O PMD tem as mesmas características, porém apresentando traços psicóticos. As psicoses podem ser bem diferentes entre si, e o que elas têm essencialmente em comum é a perda da percepção do real: alucinações, paranoia e por aí vai.

Uma pergunta comum dos trabalhadores é se a doença X ou Y dá direito ao recebimento do auxílio-doença. Porém, esse benefício não é concedido pela existência de uma doença, ou mesmo pelo tipo de doença e, sim, pelo fato de a enfermidade impossibilitar a pessoa de trabalhar.
A função da perícia médica do INSS é avaliar se a pessoa está apta para o trabalho, ou não.

O seu cérebro já pode ter estado com medo, inseguro e indigno, com esses sentimentos devemos procurar o que fazer para reverter toda essa situação.
Certamente um curso rápido de felicidade e gratidão venha a resolver todas essas questões, pois ele terá muito valor. Você sabia que seu cérebro pode sentir a dor de uma outra pessoa como se fosse a sua própria, que o imaginário para nossa mente é uma verdade real e que há uma confusão entre as dores físicas e emocionais dentro de nós?